Léa

ensino , aprendo e faço arte ...

segunda-feira, 28 de março de 2011

Salvo!

(Luis Guarnieri-Agência estado)
Quanto fala essa imagem...
O medo e o horror do gatinho...
O gesto de amor do bombeiro...
e de quem os chamou para salvar o bichinho...
Acabo me lembrando do meu gatinho Renoir,
sem mãezinha pra protegê-lo...
com menos de 15 dias largado no mundo...
A vida, tão frágil...
Um bebê que é salvo, um gatinho resgatado,
uma árvore protegida....
A vida, tão frágil e tão forte...
resistindo!

2 comentários:

terradosaromas.com disse...

O pânico do gatinho é tão visivel que chega a partir o coragem. Tipo: Me salvem por favor! A fragilidade do momento, fico pensando novamente no povo do Japão, quantos na mesma situação do gatinho, gente do céu!!

olhoscoloridos disse...

É...exemplos que nos mostram como a vida é:
Forte. Frágil.Todos precisamos de todos!